Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

No último dia 24 de setembro a Viação Passaredo que é responsável pelo transporte urbano de Paulínia, entregou 22 novos ônibus adaptados para pessoas com deficiência, num investimento de R$ 6 milhões; desde então, estes veículos foram integrados ao sistema de transporte público que já possuía oito veículos adaptados. Com isso, Paulínia que possui uma frota de 45 ônibus, passou a ter 67% dela adaptada, sendo 15 veículos normais e 30 adaptados.

A Secretaria Municipal de Transportes prevê que até o final de 2011 toda a frota da cidade seja composta de veículos adaptados, cumprindo o decreto da Lei de Acessibilidade em vigor no país, que exige que todos os ônibus fabricados a partir de 2004 têm que ser adaptados até 2014. Em matéria de acessibilidade no transporte, Paulínia demonstra estar a frente até de muitas capitais brasileiras, entretanto, um detalhe pode não ter sido notado pela Viação Passaredo na escolha do modelo dos novos 22 ônibus, o tamanho.

Funcionários da empresa que obviamente não quiseram se identificar, disseram que os novos veículos foram reprovados pelos motoristas e cobradores, e por muitos usuários. Segundo eles estes novos 22 ônibus são muito pequenos, bem menores do que os demais da frota; com isso, mesmo fora dos horários de pico, estes veículos trafegam superlotados, sem um espaço mínimo para que as pessoas se movimentem dentro deles.

“No horário de pico, o fato de ser pequeno e ter apenas uma porta para descida, complica tudo, forma um caos, muitas vezes o motorista tem que ficar vários minutos esperando para o povo conseguir descer” comentou um cobrador. Já a vendedora Eunice Cardoso Simão que pega diariamente a linha Parque das Árvores/Paulínia Shopping, também reclamou e reprovou os novos ônibus. “Nossa! compraram ônibus novos, mas menores! Mal dá para andar dentro deles, fora o fato que você não consegue enxergar de longe, aquelas letras eletrônicas azuis que ficam em cima marcando o nome da linha”, disse a vendedora.

img

Alguns funcionários da empresa relataram a nossa equipe, que realmente as reclamações da população fazem sentido, haja vista que estes novos 22 veículos adaptados entregues no último dia 24, possuem capacidade para 33 passageiros sentados e 35 em pé, uma lotação máxima de 68 pessoas; enquanto que, os oito veículos adaptados entregues pela Passaredo em março de 2009, possuem capacidade para 34 passageiro sentados e 49 em pé, um lotação máxima de 83 lugares. Ou seja, os veículos adaptados entregues em 2009, possuem 15 lugares a mais, do que os entregues este ano.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Paulínia informou que os novos ônibus adaptados possuem dois acentos a menos do que os demais da frota, mas que possuem uma largura maior. Ainda segundo a assessoria, os veículos são menores para facilitar o tráfego em ruas estreitas e o estacionamento em determinados lugares. Nem todos os adaptados, estão em circulação, alguns ainda vão entrar em operação nos próximos dias, após toda a frota estiver na rua, a Secretaria de Transportes acredita que a lotação vai diminuir, já que haverá mais veículos nas linhas, finalizou assessoria.

Entramos e contato com a Viação Passaredo, mas até o fechamento desta matéria a empresa não havia se posicionado sobre o caso.

Comentários (0)

Classificado 0 em 5 com base em 0 votos
Ainda não há comentários publicados aqui

Deixe seus comentários

  1. Publicar comentário como convidado.
Rate this post:
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhe sua localização
Digite o texto apresentado na imagem abaixo